ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO ESTERÓIDES

 

  Antiinflamatórios não esteróides são medicamentos não derivados de hormônios que possuem propriedades analgésicas, antiinflamatórias, antipiréticas e que inibem a agregação plaquetária.

 

  Como a fibromialgia não é uma doença inflamatória, os antiinflamatórios em geral não são muito úteis no tratamento da dor, embora possa ser útil no tratamento de problemas associados à ela. 

 

 Efeitos colaterais: Dor estomacal, desconforto gástrico, náuseas, vômitos, úlcera péptica, sonolência, enxaqueca, reações alérgicas, sangramentos, dentre outros. O uso prolongado pode provocar sangramento intestinal.

 

  Efeitos no sono: NEGATIVO. Podem interromper o estágio 4 do sono.

 

  Princípios Ativos: Aspirina, Trissalicilato de colina magnésica, Diclofenaco, Diflunisal, Fenoprofeno, Flurbiprofeno, Ibuprofeno, Indometacina, Cetoprofeno, Meclofenamato, Nabumetona, Naproxeno, Oxaprozina, Fenilbutazona, Piroxicam, Salsalato, Sulindac e Tolmetina.

As novas drogas antiinflamatórias inibidores de Cox-II como o Vioxx e o Celebra, também não são eficazes contra a dor na fibromialgia.

 

 VOLTAR                                              TOPO